Geral

Doença em Phalaenopsis

Olá gente! Estou de volta!
Desculpe-me pela ausência, muitas coisas acontecendo. E muitas novidades também. Logo postarei as fotos das orquídeas que encontrei na viagem que fiz para a Ásia no mês passado. Inclusive fotos do orquidário de Singapura (ou Cingapura).
Pensei em dividir com vocês uma informação sobre uma doença, não muito comum, mas que eu mesma já perdi exemplares para ela.
Conhecida como podridão (alguns dizem que é podridão negra e outros podridão mole), sua presença é notada por uma mancha na folha da Phal. Quando tocada você percebe que há uma espécie de líquido na folha. Eu sempre me refiro a ela como “mancha aquosa”, pois parece ter água dentro. Se vc estourar a bolha, vai sentir um cheiro forte e ruim (mas não estoure a bolha! Isso pode causar propagação da doença).
Enfim… com o passar do tempo, a mancha aumenta de tamanho e se chegar na base da Phalaenospsis (onde ficam presas as folhas), já era!
Infelizmente não tenho nenhuma foto para mostrar, na época que tive casos da doença, fiquei tão chateada, tive que queimá-las e nem lembrei de tirar fotos.
Tratamento? Remédio?
Remédio para curar não tem! Algumas pessoas indicam usar fungicida em aplicação única. Na verdade não sei o porquê, pois é uma doença bacteriana. Mas ok! Se bem não fizer, mal também não fará.
O tratamento? Bom, depois que perdi as minhas, ouvi falar que se você deixar sua Phal num lugar fresco, mas bastante arejado, e não molhar por 20 a 30 dias, pode resolver.
O fato é, você tem que detectar a doença no começo! Antes dela atingir a base da Phalaenopsis.
Achou a mancha? Corte! Corte 2 cm abaixo da mancha. Não precisa radicalizar e tirar a folha toda. Tirar só a parte infectada é o suficiente. Ah! Use uma tesoura esterelizada!!!!
Agora, trate a cicatriz que você fez. Coloque canela em pó em todo o corte.
Pronto? Sim! Deixe sua orquídea “na seca” por 20 ou 30 dias. Ou seja, não molhe! Nada mesmo, nem uma gotinha!
Passou este período? Molhe somente o substrato! Não molhe as folhas e nem a base da Phal. Ok?
Enfim, o que também quero dizer é  que durante todo este tempo, ela não pode e nem deve ficar em lugar onde possa pegar chuva e sereno. É seca mesmo!
Como salvar as outras Phalaenopsis?
Esta dica vale para qualquer doença. Apareceu uma mancha? A folha está estranha? Qualquer que seja a anormalidade, separe a doente das demais. A maioria das doenças são transmitidas rapidamente entre uma planta e outra, então, proteja as que estiverem saudáveis, mas fique de olho, pois como houve contato com a doente, pode ter pego a doença.
Quanto tempo até a morte da Phalaenopsis?
É muito rápido. Depois que atinge a base da Phal, se me lembro bem, leva menos de uma semana para a morte da planta. É assustador! Você vai vendo as folhas caírem uma a uma!
Portanto quanto antes você descobrir a doença, melhor.
Por que acontece?
Acontece devido ao acondicionamento delas. Lugares onde tem pouca ventilação e alta umidade favorecem o surgimento da doença. Com isso, as plantas, por não conseguirem se secar entre uma rega e outra, ficam sempre úmidas.
A rega descuidada também pode ocasionar esta doença, portanto, especialmente com o gênero Phalaenopsis, evite molhar a junção das folhas, pois ali se acumula água que tende a favorecer o surgimento de bactérias. Leia mais sobre isto AQUI e você pode se interessar também por esta outra postagem AQUI.

2 Comentários

Deixe um recado